Cozinheiras quilombolas participam da mostra gastronômica XepaCult

 

A XepaCult – Mostra de Gastronomia de Tradição pelo Consumo Consciente recebe neste sábado (16/12), as mestras cozinheiras Valdeci Silva (foto) e Rozeane Mendes, de Conceição das Crioulas, comunidade quilombola localizada em Salgueiro, Sertão do estado. A dupla irá preparar pratos tradicionais quilombolas e novas receitas criadas com a xepa da feira de orgânicos das Graças e ingredientes trazidos do Sertão. No espaço Maumau, o público poderá degustar os sabores da cozinha de tradição quilombola.

Além da degustação gastronômica, a XepaCut promove a exposição fotográfica com imagens de Conceição das Crioulas produzidas por jovens quilombolas da produtora Crioulas Vídeo, e a apresentação musical “O som do barro” com Mestre Nado e convidados. O repertório é diversificado com samba-canção, baião, ciranda, coco, valsa e bolero.  O evento é realizado  neste sábado (16/12) das 13h às 17h. A entrada e a degustação gastronômica são gratuitas. O Maumau fica na Rua Nicarágua, 173, Espinheiro, Recife.

O projeto XepaCult é realizado pela produtora, pesquisadora e cozinheira Mônica Jácome e tem o incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) / Fundarpe / Secretaria de Cultura / Governo do Estado de Pernambuco. A proposta XepaCult é estimular o consumo consciente, a partir da valorização do patrimônio gastronômico de comunidades quilombolas e povos indígenas de Pernambuco. A primeira edição da XepaCult teve início em agosto deste ano e segue até março de 2018. A cada evento, duas mestras cozinheiras quilombolas ou indígenas preparam pratos com a xepa da feira de orgânicos e ingredientes trazidos de suas comunidades. A segunda edição do projeto acaba de ser aprovada pelo edital Funcultura.

Ao cozinhar com a xepa da feira de orgânicos, o projeto traz um alerta sobre o desperdício de alimentos. De acordo com Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO)  um terço de todo alimento produzido no mundo é desperdiçado a cada ano.  O cardápio da XepaCult é definido depois da ida a feira agroecológica das Graças, no sábado cedinho, onde as cozinheiras buscam aproveitar alimentos que sobram, a conhecida “xepa”. Entre as receitas que podem ser preparadas estão o Baião de Dois, o Angu com Galinha, o Munguzá e o Baião de xerém.

Para criar o projeto, a pesquisadora e produtora Mônica Jácome se inspirou no movimento Slow Food, que defende a sociobiodiversidade alimentar e a valorização da agricultura familiar, prezando pela comida de verdade, boa, limpa e justa para todos. Mônica atualmente é mestranda em Memória Social e Patrimônio Cultura na UNIRIO com o projeto de dissertação “Pratos de Resistência: contribuições ao estudo do patrimônio gastronômico de Pernambuco”.

Através da exposição fotográfica, o público poderá conhecer um pouco sobre a comunidade Conceição das Crioulas. Serão expostas imagens de paisagens, artesanato, comida e sua gente. A fotografias fazem parte do acervo da Crioulas Vídeo, produtora formada por jovens da Associação Quilombola Conceição das Crioulas (AQCC). Após o dia 16 de dezembro, os interessados em agendar visitação devem enviar email para virginia.correia2@gmail.com

FOTOS – Magda Silva

Leave your comment