Cuidados com a alimentação no carnaval

Comer na rua, delivery de fast foods e bebida alcoólica é a cara do carnaval pra muita gente. Mas, para a alegria durar além dos dias de festa, os foliões precisam ter cuidados especiais com a alimentação. De acordo com a coordenadora e professora do núcleo de pós-graduação em nutrição da Faculdade IDE Joyce Moraes é bom evitar sair para farra em jejum. “O desjejum deve ser caprichado, pois é a refeição mais importante no período e irá garantir energia suficiente para se pular até o horário da próxima, já que dificilmente terá hora certa para ocorrer”.

A sugestão da nutricionista é colocar uma fonte de proteína, como ovos, carnes ou frango, adicionando uma raiz, a exemplo do inhame, macaxeira e babata doce. “Nessa refeição, não pode exagerar na fritura, pois o folião pode ficar enjoado na hora da folia. Frutas fontes de potássio, como banana e abacate, também são boas opções para o café da manhã, que vão evitar cãibras e garantem o um bom funcionamento do sistema muscular”, explica. Outra sugestão é incluir os cereais integrais na dieta, como a granola, a aveia e os farelos, pois são uma ótima fonte de energia e retardarem a sensação de fome por mais tempo.

Ao cair no passo, o folião também acaba caindo em tentação com a grandes ofertas de comidas nas ladeiras e avenidas. O primeiro ponto é beber bastante água e água de coco, sendo recomendado de dois a três litros por dia para evitar desidratação, principalmente se estiver consumindo bebidas alcoólicas, que também vai evitar ressacas. “E as bebidas devem estar bem geladas para não causarem náuseas”, sugere a docente.

Cuidados ao comer na rua

Já o coordenador e professor da pós-graduação em controle de qualidade dos alimentos da Faculdade IDE, Fábio Portella, alerta também para a origem dos alimentos folia, visto que a maioria das pessoas acaba comendo na rua. “O folião deve ficar atento ao tipo de comida e como ela está acondicionada. Mariscos, frutos do mar, alimentos muito manipulados, como pastelões, tortas, maionese, molhos e cremes, devem ser evitados, pois exigem rigorosos controle de qualidade, que muitas vezes não possui logística adequada no meio do carnaval”.

Entre as dicas, preferir alimentos lacrados e evitar amendoim cozido, pelo risco potencial de contaminação por aflatoxinas, toxina fúngica. “Em caso de dúvida, solicitar o certificado emitido pela Vigilância Sanitária Municipal/Estadual. Este certificado deve ficar visível, mas caso não esteja, o consumidor pode solicitar”, orienta Fábio. Sobre os produtos que, geralmente, ficam expostos nas barraquinhas, o professor conta que há riscos de contaminação, mesmo se aquecidos.

“O problema da chapa com carne e macaxeira, por exemplo, é saber como eles foram acondicionados antes do preparo e nas condições higiênicas da própria chapa. Além disso, a macaxeira, devido ao alto teor de carboidratos, pode fermentar, caso sofra contaminação bacteriana, e a carne, devido ao elevado teor de nutrientes, é um alimento de extrema perecibilidade. Logo, caso esses alimentos já estejam estragados ou contaminados, o preparo, mesmo com o calor da chapa, não vai garantir a segurança do alimento”, finaliza o professor.

Exagerou? Confira as dicas para o dia seguinte

E pra quem exagerou na festa, a sugestão da professora de pós-graduação em nutrição Joyce Moraes é tomar gengibre em pó pela manhã, que pode ser misturado no suco, café ou água, garantindo o bom funcionamento do estômago e do fígado. “Já chás como boldo, alcachofra, hibisco, alecrim e dente-de-leão podem auxiliar nos sintomas da ressaca. Deve-se ingerir uma xícara de manhã e outra ao chegar da folia e outra antes de dormir, sem adoçar”, detalha Joyce.

Segundo a nutricionista, uma boa receita para preparar o fígado para a folia é bater duas folhas de couve com talo e tudo, adicionar uma fruta, água de coco e um pedaço de gengibre. É só bater tudo no liquidificador e tomar sem adoçar. “Sugiro beber a vitamina pela manhã, ao acordar, e à noite, antes de dormir”. Outra receitinha é bater duas colheres de sopa de clorofila com suco de laranja ou de abacaxi e cubos de gelo. Essa pode adoçar! É outra ideia para tomar no desjejum ou à noite, após ingestão de bebidas alcoólicas.

Receita Malagueta – Cheesecake de limão com frutas vermelhas.

Adorada em todo o mundo, a tradicional torta de queijo é uma receita americana que conquistou o globo. Com uma base de bolacha triturada e recheio cremoso feito de cream cheese, a Cheesecake ganhou versões diversas, com sabores que agradam os mais diferentes paladares. Pensando em uma receita deliciosa e leve para os dias de verão, as irmãs Camila e Rafaela Camargo, fundadoras da Cookie Stories, uma das principais referências da gastronomia curitibana, apresentam uma criação exclusiva: a Cheesecake de limão com frutas vermelhas.

Ingredientes

Massa
300g bolacha maisena
140g de manteiga derretida
40g de açúcar

Recheio
678g cream cheese em temperatura ambiente
207g de açúcar
24g de farinha de trigo
170g de sour cream (170g de creme de leite fresco, misturado com o suco de ½ limão)
90ml de suco de limão
2 colheres de sopa de casca de limão
3 ovos grandes
2 gemas grandes
160g de frutas vermelhas

Calda
100g morango congelado
100g amora congelada
50g framboesa congelada
50g mirtilo congelado
100g açúcar refinado

Modo de preparo
Massa
Pré-aqueça o forno a (160 ° C). Forre uma forma de fundo falso de (25cm) com papel manteiga na parte inferior e unte as laterais com manteiga.
Em um processador triture as bolachas e adicione o açúcar e a manteiga derretida. Pressione a mistura na parte inferior e suba pelas laterais da forma.
Asse a massa por 10 minutos e reserve para esfriar.
Cubra a parte externa da forma com papel de alumínio para que a água do banho-maria não entre. Reserve.

Recheio
Reduza a temperatura do forno para (150 ° C).
Na tigela da batedeira, bata o cream cheese, o açúcar e a farinha em velocidade baixa até ficarem bem incorporados e lisos. Certifique-se de usar baixa velocidade para reduzir a quantidade de ar adicionado à massa, o que pode causar rachaduras. Raspe as laterais da tigela.

Adicione o sour cream, suco de limão e as raspas de limão e misture em velocidade baixa até ficarem bem incorporados.

Adicione os ovos, um de cada vez, misturando lentamente para incorporar depois de cada adição, adicione as gemas e

misture até incorporar. Raspe as laterais da tigela conforme necessário para garantir que tudo esteja bem misturado.

Mexa delicadamente as frutas vermelhas (picadas) na massa.

Adicione o recheio delicadamente na massa dentro da forma.

Coloque a forma dentro de outra maior. Encha a forma externa com água morna suficiente para ir até a metade das laterais da forma com a cheesecake. A água não deve ultrapassar a borda de papel alumínio da forma.

Asse por 1 hora e 15 minutos. O centro deve ser firme, mas ainda assim “gelatinoso”.

Desligue o forno e deixe a porta fechada por 30 minutos. O cheesecake continuará a cozinhar, mas lentamente começará a esfriar também.

Abra a porta do forno por 30 minutos para permitir que o cheesecake continue esfriando lentamente. Este processo ajuda a evitar rachaduras.

Retire o cheesecake do forno e do banho-maria e coloque na geladeira para esfriar completamente.

Calda
Enquanto o cheesecake esfria, faça a calda. Combine o açúcar e as frutas congeladas. Deixe em fogo baixo por aproximadamente 10 min.

Retire do fogo quando as frutas estiverem um pouco suculentas e o suco começar a engrossar. Despeje a mistura em outra tigela e leve à geladeira até esfriar.

Montagem
Retire o cheesecake da geladeira e remova da forma, também remova o papel manteiga. Coloque o cheesecake em um prato de servir.

Em seguida, cubra com a calda de frutas vermelhas.

Sirva. Manter refrigerado e consumir dentro de 3-4 dias.

99 e FriSabor lançam novo sabor de picolé por R$ 0,99

Com as altas temperaturas do verão do Recife, alternativas para se refrescar são sempre bem-vindas. Pensando nisso, a 99 e a FriSabor se uniram em uma doce parceria. Juntas, lançaram uma edição especial do picolé sabor manga, que custa apenas R$ 0,99, e vem com códigos de 20% de desconto para corridas pela cidade.

O lançamento oficial do picolé acontece em 31 de janeiro, nas lojas da FriSabor na Domingos Ferreira, Praça de Casa Forte, Recife Antigo e nos shoppings Plaza, Riomar, Guararapes, Carpina. Dentro da embalagem, há ainda uma surpresa: um cupom que dá direito a 20% de desconto em corridas de 99Pop.

Para aproveitar o benefício, limitado a R$ 5,00, basta inserir o código que aparece no palito do picolé na aba “cupom de desconto” do aplicativo. “Tornar a mobilidade acessível e a experiência do viajante cada vez mais prazerosa são pilares muito importantes para a 99 e a parceria com a FriSabor vem reforçar esse propósito. Com os picolés a R$ 0,99 e cupons de desconto para corridas, será possível aproveitar o verão e o Recife da melhor forma: sem pesar no bolso”, afirma Bruno Costa, gerente de operações da 99.

Para celebrar a parceria, a 99 também distribuirá gratuitamente o novo picolé em corridas pela plataforma nos parques e praias da cidade.

Cerveja Nossa lança latão especial para o Carnaval de Pernambuco

Feita por pernambucanos e para os pernambucanos, a cerveja Nossa traz uma novidade para o Carnaval 2020: a versão em latão de 473 ml. A nova embalagem é decorada com uma ilustração do Galo da Madrugada, as cores da bandeira de Pernambuco, e o slogan “A Maior folia do Mundo é Nossa”.

A lata foi apresentada ao público nesta semana, no perfil da marca no Instagram (@cervejanossadepernambuco). A novidade é uma edição especial e estará disponível nos pontos de venda, entre eles bares e supermercados, enquanto durar o estoque.

“A Nossa é uma cerveja que exalta o que tem de mais importante e orgulhoso para o pernambucano. Então não podíamos ficar de fora dessa celebração em um momento tão ímpar como o Carnaval. Estamos muito honrados e felizes em criar essa lata como um manifesto desse nosso orgulho”, afirma Harry Racz, gerente de Marketing Regional da Cervejaria AMBEV.

A Nossa foi lançada em setembro de 2018 e tem distribuição exclusiva em Pernambuco. A cerveja inclui mandioca 100% cultivada por pequenos produtores da região de Araripina, no Sertão do Estado. É refrescante e leve, combina perfeitamente com o clima quente do estado, além de harmonizar perfeitamente com a gastronomia popular pernambucana.

Em 2019, a Nossa conquistou o World Beer Awards, considerado o campeonato mundial das cervejas. A bebida levou prata na categoria Internacional Lager e medalha de bronze na categoria Lager Classic Pilsener.

Receitas Malagueta – Sobremesa de Bolo gelado de paçoca

Que tal uma sobremesa deliciosa e geladinha para adoçar o paladar nesse verão? Pensando nos dias mais quentes do ano, a Revista Malagueta e a Bunge separaram uma receita de Bolo Gelado de Paçoca que é perfeita para se refrescar na estação, além de ser rápida e prática de reproduzir em casa.

Confira o passo a passo!

Bolo gelado de paçoca
Rendimento: 12 porções
Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 1 hora

Ingredientes
Massa
4 ovos
1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar (240g)
4 colheres (sopa) de margarina em temperatura ambiente (80g)
4 colheres (sopa) de água (60ml)
2 xícaras (chá) de farinha de trigo PRIMOR ( 220g)
1 colher (sopa) de fermento em pó (10g)
margarina e farinha, para untar

Recheio
1 lata de leite condensado (395g)
1 colher (chá) de margarina PRIMOR
1 colher (sopa) de farinha de trigo PRIMOR (15g)
12 paçocas de rolo (180g)
200g de creme de leite para chantili, bem gelado

MODO DE FAZER
1- Na batedeira bata os ovos com o açúcar até triplicar de volume
2- Adicione a água e a margarina e bata mais um pouco
3- Fora da batedeira acrescente a farinha e o fermento
4- Despeje a massa em uma assadeira redonda com 20cm, untada com margarina e enfarinhada
5-Asse no forno preaquecido na temperatura moderada (180graus) por cerca de 40 minutos ou até que ao espetar um palito ele saia seco
6-Desenforme morno. Depois de frio corte em 2 camadas e reserve
7- Em uma panela coloque o leite condensado com a margarina e com a farinha e cozinhe , mexendo sempre, até que comece a soltar do fundo da panela.
8- Junte as paçocas esmigalhadas e reserve até esfriar
9- Na batedeira bata o creme de leite até obter um creme liso e espesso.
10- Retire cerca de 3 colheres deste creme e junte ao creme de paçoca, misturando até afinar.
11- Delicadamente junte os cremes e recheie e cubra o bolo.
12- Decore a gosto e sirva gelado

DICA
Umedeça as camadas de bolo com 1/2 xícara (chá) de água fervida com 1 colher (sopa) de açúcar e 1 pau de canela e 1 colher (sopa) de vinho licoroso

Casa da cervejaria Capunga estreia no carnaval em Olinda

A DJ paulista Odara Kadargi, que tocou ao lado de artistas como Baco Exu do Blues e Duda Beat, e os conterrâneos: DJ Incidental, Salvador, Pax, Sangue No Olho, Clécio Rimas, Milena Cinismo e Mozaum, são as atrações do carnaval da Casa Capunga, que estreia nas ladeiras de Olinda este ano.


O espaço funcionará durante quatro dias (22 a 25 de fevereiro), a partir das 10h, na Casa Criatura. Por lá vai rolar open bar de seis estilos de chopp, drinks com gin Abyssal, vodka, água e suco. Além das atrações, os foliões poderão também acompanhar os blocos num rooftop.


A Casa Criatura fica na Rua do Amparo, 83 – Olinda. Os ingressos custam R$ 180 (de sábado a segunda-feira) e R$ 160 (terça-feira), e estão à venda no site da Sympla. Mais Informações: 81 99873-5058/ 81 99615.2658.

Malagueta pelo Mundo – Cinco hotéis com restaurantes maravilhosos no Alentejo

Lista sugere ótimas opções para provar a gastronomia da região portuguesa

O Alentejo, maior região de Portugal, tem muito a oferecer aos turistas: vilas charmosas, litoral incrível, patrimônios históricos e culturais listados pela UNESCO e, principalmente, hotéis e restaurantes excelentes. A hospitalidade local é de altíssima qualidade, e a gastronomia encanta paladares com receitas tradicionais que muitas vezes levam um toque contemporâneo.

Alguns dos fabulosos hotéis da região contam com restaurantes próprios que servem delícias inesquecíveis, e não é preciso se hospedar neles para garantir uma refeição dos deuses. Confira cinco deles!

1 – Hotel M’AR De AR Aqueduto e restaurante Degust’AR, em Évora
No coração da principal cidade alentejana fica esse hotel digno da realeza. Instalado no antigo Palácio dos Sepúlveda, uma construção quinhentista com vista para o imponente Aqueduto da Água de Prata, tem 64 quartos que combinam elementos modernos e tradicionais. Conta com piscina, bar e spa.

Confortável, requintado e intimista, o restaurante Degust’AR é comandado pelo chef António Nobre, que desenvolveu o cardápio partindo das iguarias alentejanas e mergulhando nos sabores mediterrânicos, sem receio de ser original.

2 – Torre de Palma Wine Hotel e restaurante Basilii, em Monforte

Este cinco estrelas supera as expectativas de qualquer hóspede com simplicidade, tradição e autenticidade. Tem as paredes caiadas de branco, como na arquitetura típica da região, quartos elegantemente decorados, spa, piscina e uma excelente produção de vinhos, que pode ser explorada em degustações e visitas à adega.

O empreendimento é focado em vinhos, então, nada mais justo que um restaurante com pratos deliciosos para harmonizar com as bebidas. O Basilii proporciona uma viagem pelos sabores tradicionais, com especialidades como bochecha de novilho estufada, açorda alentejana e bacalhau, em um menu preparado com carinho pelo chef Filipe Ramalho.

3 – Alentejo Marmòris Hotel & Spa e restaurante Narcissus Fernandesii, em Vila Viçosa

Este tributo ao mármore alentejano também é um hotel cinco estrelas, que esbanja luxo e sofisticação. Garante muito conforto em um ambiente exclusivo, que conta com um spa inserido numa pedreira natural.

O restaurante Narcissus Fernandesii reúne os melhores produtos dos campos e hortas da região, que são utilizados com ternura, dedicação, originalidade e paixão pelo chef Pedro Mendes. Além do tradicional cardápio, oferece menu degustação com cinco ou seis pratos, e uma opção vegetariana com quatro.

4 – Hotel Sublime Comporta e restaurante Sem Porta, na vila da Comporta

Situado em um dos spots mais famosos de veraneio no Alentejo, o Sublime Comporta homenageia as coisas boas de Portugal, como a simpatia da população e o ritmo tranquilo da vida na região. A propriedade é rodeada por pinheiros, lagoas, dunas e arrozais e oferece muito sossego em seus 23 quartos e suítes. Há academia, spa e piscina.

Neste ambiente praticamente mágico está o Sem Porta, com a arquitetura inspirada nos antigos celeiros do Alentejo. Produtos locais são utilizados em receitas tradicionais que ganham uma apresentação cheia de elegância e criatividade, com um cardápio que respeita a sazonalidade dos ingredientes.

5 – Herdade de São Lourenço do Barrocal e restaurante de mesmo nome, em Monsaraz

Esta propriedade de 780 hectares esbanja charme em quartos e casas com vista para o campo. Piscina, spa, parque infantil e muita natureza garantem atividades como caminhadas, piqueniques, observação de estrelas e provas de vinho ao ar livre.

O restaurante São Lourenço do Barrocal trabalha com os produtos da fazenda até a mesa. Com raízes na culinária alentejana e um pouco de contemporaneidade, o menu apresenta uma autenticidade única em pratos como polvo empanado e lombo de javali salteado.

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de quatro títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros.

Caju é opção saudável e barata para substituir carne e peixe

Você deve estar se perguntando: Era só o que faltava! Depois da jaca substituir o frango da coxinha chegou a vez do caju ser uma opção à proteína animal. Em tempos de a carne ser o vilão da inflação e liderar a lista dos alimentos que mais subiram em 2019, buscar soluções que cabem no bolso sem perder o sabor, o aspecto e o prazer pela comida tornou-se um desafio. O Chef Melchior Neto apostou no caju, testou, provou e aprovou uma receita de moqueca e ensina o passo a passo deste preparo especial e adequado para dias quentes!

Igredientes

3 cajus
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
1 pimentão verde
1 cebola roxa
2 cabeças de alho
1 lata de tomate pelado picado
200 ml de leite de coco
1 colher de azeite de dendê
2 colheres de sopa de azeite
Coentro a gosto
Sal e pimenta do reino a gosto

Preparo

Em uma panela refogue no dendê e azeite a cebola e os pimentões fatiados em tiras, em seguida junte o alho até dourar. Coloque o molho de tomate, acerte o sal e a pimenta e deixe apurar por 5 minutos. Coloque o leite de coco mexa bem. Acomode os files de Caju e deixe cozinhar por mais 15 minutos. Desligue a panela, coloque coentro picado a gosto, tampe e deixe descansar mais 5 minutos e sirva.

Profissional ensina como fazer dudu fit gourmet para o verão

O Verão chegou e com ele a vontade de tomar algo refrescante. Que tal investir nos famosos “dudu gourmet”? O diferencial tem se tornado tendência nos mais diversos locais, e o melhor é que também podem colaborar para a saúde, como é o caso das opções fit. Sayonara, sócia proprietária da doceria Je t’aime Cookies, explica passo a passo para realizar a receita em casa.

“Existe um mito que a culinária tem quebrado nesses últimos tempos, que é a relação de doce com acréscimo de peso. Muitas opções são desenvolvidas para saciar à vontade e ainda assim serem muito saborosas, isso engloba nosso dudu”, conta a profissional.

Para preparar a opção gourmet fit você vai precisar de alguma das opções abaixo:

Água de coco + frutas da estação
Água de coco + frutas vermelhas
Água de coco + lascas de coco
Água de coco + fruta da sua preferência

Na confecção, basta colocar as frutas picadas ou inteiras no saquinho e depois com a ajuda de um funil encher o saquinho específico para dudu com água de coco e deixar congelar.

Para aqueles que estão mais focados em saborear, seguem mais duas opções do famoso dudu, gelinho, geladinho, ou como preferir chamar.

A opção de maracujá precisa de 1 litro de leite integral, 395g de leite condensado e 200 ml de polpa de maracujá. “Para o sabor ficar ainda melhor, é importante priorizar o uso da própria fruta. Sendo assim, todos os ingredientes no liquidificador até ficar uma mistura homogênea, separe os saquinhos próprios e, assim como na receita fit, com a ajuda de um funil encha-os até um determinado local, amarre e deixe congelar”, explica Sayonara.

Também existe o sabor queridinho dos últimos tempos: leite ninho, que, de acordo com a doceira, “chegou com tudo, o melhor é que ganha o gosto não só das crianças como também jovens e adultos, se encaixando em diversas combinações”.

A opção gourmet precisa de 1 litro de leite integral, 395g de leite condensado,10 colheres de sopa de leite ninho e 200g de creme de leite (para deixar mais cremoso).

Na sequência para o preparo, bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar uma mistura homogênea. Separe os saquinhos para dudu e, também, com a ajuda de um funil encha-os até um determinado local, amarre e coloque para congelar.

“Com a orientação adequada, podemos criar opções muito saborosas nesse verão”, finaliza a profissional.

Carnaval de Pernambuco atrai turistas com grandes camarotes e culinária magnífica

O Carnaval do Recife e de Olinda já é conhecido pelo frevo, pela tradição e pelos blocos de rua. Mas os festejos de Momo, em Pernambuco, também contam com grandes camarotes projetados em estruturas impressionantes, para quem preza pelo conforto, serviços vip e comodidade. As cidades irmãs ainda oferecem uma gastronomia com comidas regionais e culinária internacional.

E, no Carnaval 2020, o Camarote Olinda investiu alto na programação musical e na estrutura para receber o público em sua quarta edição. O evento apresenta artistas de sucesso no cenário nacional e uma megaestrutura Open Bar Premium. São três dias (23 a 25 fev.) onde os foliões vão poder assistir aos shows de Wesley Safadão, Alok, Gusttavo Lima, Saia Rodada, entre muitos outros artistas renomados. Uma cidade cenográfica foi preparada para receber os foliões, com extensa arena gastronômica, banheiros e ambientes climatizados.

Já no Sábado de Zé Pereira (22 fev.), o camarote Balança Rolha terá uma excelente localização, no Galo da Madrugada, a poucos metros de pontos de táxi e Uber, ótima visão para o desfile e com 95% de sua área de sombra e uma imensa varanda para o famoso desfile. A folia começa por volta das 09h e o evento é open bar ‘supertop’. A praça de alimentação, no formato food park, possui temakerias, burguerias, sorveteria, entre outras delícias gastronômicas. O lounge comporta SPA e salão de beleza à disposição do público. A estrutura do camarote ainda conta com ambulância, ambulatório e seguranças. As atrações internas contam mais de oito horas de curtição e muita música.

Ainda no sábado, o Galo Paradise apresenta seu espaço, promovido pelo maior bloco do Carnaval do Recife – o Galo da Madrugada. As opções de venda variam com pacotes para quem quer open bar de cerveja ou open bar de cerveja, bebidas quentes e café da manhã. O Galo Paradise é um dos maiores camarotes do Galo da Madrugada e muito disputado pelos jovens.

Situado na Praça Sérgio Loreto, o “coração” do Galo da Madrugada, por onde passam todos os Trios Elétricos do desfile, o camarote Galo Downtown tem visão privilegiada, nos seus 50 metros de varanda, com fácil acesso. O evento (22) será Full Open Bar completo. O Galo Downtown também oferece posto médico para primeiros socorros com equipe técnica, médico e ambulância, incluindo equipe de bombeiros Civis para pronto atendimento e ocorrências.

GASTRONOMIA

Mas no Carnaval 2020, para manter a saúde, a energia e o pique até a quarta-feira de cinzas, o folião também precisa se alimentar bem. As opções são diversas no Recife e em Olinda.

O restaurante Leite, sem dúvida, é um espaço singular no Recife. Em pleno século 21, o restaurante mais antigo em atividade no Brasil, com 137 anos, continua sendo a principal referência de uma culinária eclética, cosmopolita e fortalecida nos ímpares sabores regionais. Patrimônio artístico e cultural do Recife, a história do Leite se confunde com a da própria cidade.

Na Zona Sul, e também na Zona Norte, uma boa opção é o Faaca Boteco e Parrilla. Como o próprio nome diz, é um boteco especializado em parrilla. À moda dos churrascos da Argentina e do Uruguai, a forma de assar as carnes do Faaca confere um sabor diferente. A casa conta com uma seleção de carnes nobres e o hambúrguer – preparado a moda gourmet – é um espetáculo a parte.


No Bairro do Recife, bem no centro da folia, estão duas opções imperdíveis para quem gosta de boa gastronomia: os restaurantes Seu Boteco e o Cais Rooftop Lounge Bar. Além de um delicioso cardápio, o Seu Boteco vai contar com atrações especiais da sexta-feira até a terça-feira de Carnaval. A animação começa a partir das 19h. Já o Cais Rooftop Lounge Bar, localizado no topo do Museu do Cais do Sertão, tem como principal atração uma maravilhosa vista do mar e da bela arquitetura do Bairro do Recife. O restaurante está aberto para almoço das 12h às 16h e para jantar, a partir das 17h, quando também começa a animação na área externa, com um maravilhoso por do Sol ao som de atrações musicais.


O restaurante Ilha dos Camarões, também do Grupo Ilha, no mesmo bairro, oferece uma culinária especializada que surpreende as expectativas. Os mais frescos camarões e frutos do mar são preparados entre variadas formas, agradando a paladares exigentes.


E para quem prefere um lanche rápido, saudável e saboroso, uma opção são os quiosques e lojas do Açaí Concept. No Recife, há 14 estabelecimentos da marca espalhados por vários bairros do Recife. Além dos frozens de açaí, cupuaçu e pitaya, o Açaí Concept também disponibiliza novas delícias nos sabores creme de leite e creme de tapioca.

HOTEL

Para os foliões que ainda não sabem onde se hospedar, uma opção é o Nobile Suítes Executive, na Praia do Pina, Zona Sul da capital pernambucana. Caso as unidades já estejam reservadas para o período, o folião pode optar por vagas para a semana pré-carnavalesca e para o pós-Carnaval.

Para quem vai curtir o verão no Litoral Sul de Pernambuco, o Village Porto de Galinhas é um hotel voltado para toda a família, com atividades diárias para hóspedes de todas as idades. O Village fica localizado à beira-mar de Porto de Galinhas, a apenas 60 km do aeroporto do Recife. Com muita “pernambucanidade”, o hotel oferece praia, piscinas, alta gastronomia e uma maratona de atividades. O parque aquático, inclusive, oferece quase mil metros quadrados de piscinas para gente grande e gente pequena. A culinária do hotel apresenta uma viagem gastronômica de aromas, cores e sabores, com início na cozinha pernambucana até os mais sofisticados pratos internacionais, que podem ser degustados em três restaurantes.

Os foliões ainda podem conferir a programação da folia no portal PE no Carnaval (www.penocarnaval.com.br). Criado 10 anos, o site também possui versão em aplicativo gratuito para Android e iOS. O PE no Carnaval acompanha todas as prévias, festas de blocos, agremiações e camarotes e, claro, toda a movimentação nos dias oficiais, nos mínimos detalhes, que incluem, por exemplo, maquiagem, preparação física dos foliões e customização de fantasias.

Mais informações:

Balança Rolha – https://www.bilheteriadigital.comDowntown – www.downtownnogalo.com.br/Galo Paradise – www.galoparadise.com.br Camarote Olinda – http://www.camaroteolinda.comLeite – @restauranteleite (Instagram)Seu Boteco – @seubotecorecifeCais Rooftop Lounge Bar – caisrooftopAçaí Concept – https://acaiconcept.com/Nobile Suíte – https://www.nobilehoteis.com.br/hoteis/nobile-suites-executive-recifeVillage Porto de Galinhas – www.villageportodegalinhas.com.br/Grupo Ilha – http://ilhacamaroes.com.br/grupo-ilha